Feira de Santana: Bebê nasce sem ânus e família apela por vaga em hospital para fazer cirurgia

Mãe descobriu malformação do bebê ao fazer a limpeza da criança (Foto: Reprodução/TV Subaé)

A família de um bebê que nasceu com uma malformação grave apela por vaga em hospital para fazer uma cirurgia em Feira de Santana, cidade a 100 quilômetros de Salvador. A mãe do recém-nascido Davison Davi, Marileia Dias da Silva, descobriu que o filho nasceu com imperfuração anal, ou seja, um defeito congênito no qual o ânus está bloqueado ou não tem abertura. A família da criança está com dificuldade para achar vagas em hospitais para cirurgia, o que é agravado com a greve dos médicos reguladores da Bahia.

“Duas horas da manhã, quando minha esposa foi fazer a limpeza na criança que ela descobriu. Aí ela correu imediatamente no balcão, chamou a equipe de enfermagem e ligaram para o médico. Ele chegou, avaliou a criança e deixou os papéis prontos, mas até agora estamos esperando a transferência”, disse o pedreiro Robeilton Araújo, pai do bebê. A criança nasceu na quinta-feira (25).

A malformação é rara e se dá no útero entre a quinta e a sétima semana de gravidez. Segundo os médicos, o caso é grave e requer tratamento cirúrgico.

O procedimento, considerado complexo, não pode ser feito onde o bebê nasceu. A maternidade pediu transferência do paciente para o Hospital Estadual da Criança (HEC), único hospital em Feira de Santana onde a cirurgia pode ser realizada. Porém, na unidade não há vagas. Segundo a direção do hospital, cabe à central de regulação, onde já consta o nome do bebê, buscar vagas em outras unidades do estado com UTI neonatal para realização da cirurgia.

Os pais de Davison estão bastante apreensivos. “Estou bastante preocupado. Minha esposa está lá dentro, está sempre passando mal toda hora e eu estou correndo atrás disso aí e não resolve nada”, disse Robeilton Aráujo.

A preocupação do casal é também com a greve dos médicos reguladores no estado, pois são eles que fazem a distribuição de pacientes para hospitais e clínicas conveniadas à rede pública de saúde. A greve já tem mais de um mês e não há previsão de acordo entre a categoria e o governo do estado. Os médicos pedem melhorias nas condições de trabalho e retorno do pagamento do adicional de insalubridade.

Em nota, a Central Estadual de Regulação informou que a criança já está na lista para transferência, e que está buscando vaga para ela em algum hospital que possa fazer a cirurgia. Já a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) disse que os médicos reguladores não têm direito ao adicional de insalubridade porque não trabalham em condições consideradas insalubres.

Fonte: G1
Feira de Santana: Bebê nasce sem ânus e família apela por vaga em hospital para fazer cirurgia Feira de Santana: Bebê nasce sem ânus e família apela por vaga em hospital para fazer cirurgia Reviewed by Portal Alto Alegre on 19:22:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

*** O PORTAL DE VÁRZEA DO POÇO E REGIÃO ***

***  O PORTAL DE VÁRZEA DO POÇO E REGIÃO  ***
Portal do Alto Alegre. Imagens de tema por Maliketh. Tecnologia do Blogger.