Secretaria Municipal de Saúde de Várzea do Poço capacita profissionais sobre os riscos do Câncer de Pele


A Prefeitura Municipal de Várzea do Poço, através da Secretaria Municipal de Saúde, realizou nesta quarta-feira (24/04/2019) uma capacitação aos profissionais de saúde sobre os risco do câncer de pele. 


O evento realizado no Auditório Municipal Ronilson Mota, contou com a presença da Secretária de saúde; Klissia Trindade, Enfermeiros, Odontólogos, Auxiliar de Saúde Bucal e Agente Comunitário de Saúde, que tiveram a oportunidade de aprender um pouco mais sobre o câncer de pele com o palestrante Dr. Lucas Fernandes, diretor-médico da Dermprev. 


Em sua palestra, o Dr. Lucas Fernandes orientou sobre o diagnóstico precoce do câncer de pele, as alterações do corpo, sinais, tratamento e cura. 


A Secretaria Municipal de Saúde de Várzea do Poço tem buscado a capacitação dos profissionais em vários âmbitos da área, principalmente visando à prevenção de doenças comuns na região e no município, e o câncer de pele é um dos graves problemas, em função do sol, que acomete com intensidade à região Nordeste. 


O câncer de pele tem como principais fatores de risco: 

Exposição solar 

Pessoas que tomaram muito sol ao longo da vida sem proteção adequada têm um risco aumentado para câncer de pele. Isso porque a exposição solar desprotegida agride a pele, causando alterações celulares que podem levar ao câncer. Quanto mais queimaduras solares a pessoa sofreu durante a vida, maior é o risco de ela ter um câncer de pele. 

Idade e sexo 

O câncer de pele incide preferencialmente na idade adulta, a partir da quinta década de vida, uma vez que quanto mais avançada à idade maior é o tempo de exposição solar daquela pele. Também é um câncer que atinge homens com mais frequência do que mulheres. 

Características da pele 

Pessoas com a pele, cabelos e olhos claros têm mais chances de sofrer câncer de pele, assim como aquelas que têm albinismo ou sardas pelo corpo. Uma pele que sempre se queima e nunca bronzeia quando exposta ao sol também corre mais risco. Aqueles que têm muitos nevos (pintas) espalhados pelo corpo também devem ficar atentos a qualquer mudança, como aparecimento de novas pintas ou alterações na cor e formato daquelas que já existem. Pessoas com pintas ou manchas de tamanhos grandes também devem ficar atentas. 

Histórico familiar 

O câncer de pele é mais comum em pessoas que têm antecedentes familiares da doença. Nesses casos, principalmente se associado a outros fatores de risco, o rastreamento com o dermatologista deve ser mais intenso. 

Histórico pessoal 

Pessoas que já tiveram um câncer de pele ou uma lesão pré-cancerosa anteriormente têm mais chances de sofrer com o tumor. Caso a pessoa já tenha sido tratada para um determinado tipo de câncer de pele e ele retorna, o processo é chamado de recidiva. 

Imunidade enfraquecida 

Pessoas com o sistema imunológico enfraquecido têm um risco aumentado de câncer de pele. Isso inclui as pessoas que têm a leucemia ou linfoma, pacientes que tomam medicamentos que suprimem o sistema imunológico, ou então aqueles que foram submetidos a transplantes de órgãos.

ASCOM-PMVP
Secretaria Municipal de Saúde de Várzea do Poço capacita profissionais sobre os riscos do Câncer de Pele Secretaria Municipal de Saúde de Várzea do Poço capacita profissionais sobre os riscos do Câncer de Pele Reviewed by Portal do Alto Alegre on 09:04:00 Rating: 5

Sem comentários:

Portal do Alto Alegre. Imagens de temas por Maliketh. Com tecnologia do Blogger.